Aracruz Celulose

Aracruz Celulose

ARACRUZ CELULOSE

Localização: Unidade Barra do Riacho, s/nº, Rodovia Aracruz. Cep: 29197-900.

Acesso ao atrativo: Rodoviário, totalmente pavimentado, com sinalização em bom estado.

Descrição do acesso utilizado: Principal via de acesso pela Rodovia ES-010.

Transporte para o atrativo: Regular, rodoviário, regular, em bom estado e não adaptado.

Entrada do atrativo: Portaria principal, não adaptado.

Visitação: De segunda a sexta-feira das 8h às 17h, sem visitas guiadas, acesso gratuito e sem autorização prévia.

Acessibilidade ao atrativo: Temporário.

Tempo para usufruir o atrativo: Algumas horas.

Equipamentos e serviços no atrativo: Estacionamento, serviços de segurança e de limpeza e instalações sanitárias não-adaptadas.

Atividades ocorrentes no atrativo: Produção de celulose.

Integra roteiros turísticos comercializados? Sim, através da “Rota do Verde e das Águas”, coordenada pela SEDETUR.

Origem dos visitantes: Local, municipal, do entorno regional e de outros estados. Maior fluxo de visitação: verão.

Descrição do atrativo: A Aracruz Celulose é a líder mundial na produção de celulose branqueada de eucalipto. A empresa responde por 31% da oferta global do produto, destinado à fabricação de bens de alto valor agregado, como papéis sanitários, para impressão e escrita, além de especiais.

Suas operações florestais alcançam os Estados do Espírito Santo, Bahia, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, com aproximadamente 247 mil hectares de plantios de eucalipto, intercalados com cerca de 128 mil hectares de reservas nativas que são fundamentais para assegurar o equilíbrio do ecossistema.

A empresa mantém o Programa Produtor Rural, que abrange cerca de 58 mil hectares, contratados com mais de 2,5 mil produtores rurais no Espírito Santo, Bahia e Minas Gerais. A capacidade de produção de celulose da Aracruz, totalizando 2,4 milhões de toneladas anuais, está distribuída por duas unidades fabris de Barra do Riacho-ES e Guiabá-RS.

No Espírito Santo, a Aracruz opera um complexo fabril de celulose totalmente integrado aos plantios e a um porto privativo especializado, o Portocel, através do qual quase toda a produção da empresa é exportada. A Unidade Barra do Riacho reúne três fábricas com capacidade total de 2 milhões de toneladas anuais de celulose.

O compromisso da Aracruz com o desenvolvimento sustentável se reflete nas práticas de manejo dos plantios de eucalipto e na preservação dos ecossistemas naturais. As práticas ambientais adotadas nas fábricas são também, objeto de contínuos processos de aprimoramento.

Constituída em 1999, a Rede de Monitoramento de Transporte aos atrativos, foi criada como forma de reduzir os acidentes nas estradas e estimular a observância de procedimentos preventivos de segurança pelos seus prestadores de serviços nesta área. A Rede de Monitoramento de Transporte aos atrativos da Aracruz. RMT, conta com a colaboração de 25 voluntários que moram ou trabalham ao longo de um trecho de 250 quilômetros na Rodovia BR-101 entre o norte do Espírito Santo, e o extremo sul da Bahia. Trata-se do trecho mais crítico para o transporte de madeira em função do grande fluxo de veículos. Eles acompanham aspectos como formação de comboios, velocidade, ultrapassagens perigosas, tráfego pelo acostamento, sinalização das carretas, condições da carga, condições da rodovia e cordialidade do motorista. Ao constatar qualquer irregularidade, os integrantes da rede informam a Aracruz que, em 24 horas adota as providências necessárias à correção do problema.

A Aracruz também se destaca pelo envolvimento com projetos sociais, a saber:
• Comunidades de Barra do Riacho e Vila do Riacho: a atuação da Aracruz na comunidade é feita a partir de ações consideradas prioritárias pelos seus moradores (avaliadas em reuniões entre a empresa e a comunidade) e que propiciem à empresa influir positivamente no cenário da comunidade visando o seu desenvolvimento social e econômico.
• Crer nas mãos: o trabalho tem como meta engajar esse público (menores carentes) na vida da sociedade, através de várias ações, tais como reforço escolar, oficina de brinquedos pedagógicos, computação, trabalhos manuais e artesanais, dança, música e canto coral, dentre outros. Além dos programas destinados às crianças, o projeto também promove cursos de iniciação profissional para jovens a partir de 16 anos e adultos em geral, nas áreas de corte e costura, confecção de roupas e bolsas, confecção e congelamento de salgados, marcenaria, assim como de alfabetização.
• Projeto Araça: tem por objetivo garantir assistência psico-social através do desenvolvimento de oficinas pedagógicas, culturais e profissionalizantes.
• Comunidade Indígena: apoiando e auxiliando as comunidades.
• Formar: tem como objetivo promover a melhoria qualitativa da ação pedagógica dos professores.
• Projeto Bons Vizinhos: a finalidade do Programa é aproximar a empresa dos pequenos proprietários rurais e moradores das regiões situadas nos limites de seus plantios de eucalipto e reservas nativas. Através de visitas à empresa ou da ida dos técnicos da Aracruz às comunidades, assuntos de interesse comum são expostos e debatidos bem como assuntos de interesse abordados pelas comunidades.
• Projeto folclore capixaba: visa valorizar ainda mais as raízes folclóricas existentes.
• Além dos mensionados, existem ainda os projetos ligados à educação ambiental.